É hora de meditar novamente!

0
Rate this post

O que estamos vendo é uma alteração no desordem na brenha sueca do nível vernáculo para o europeu. Contudo a pergunta igualmente diz consideração à essencial pergunta de porquê uno mercado internacional percebe a sustentabilidade dos produtos florestais suecos. Um tanto que, infelizmente, muitas vezes é abandonado na controvérsia vernáculo sueca a cerca de uma bioeconomia circundar.

A cessão do desordem a cerca de a brenha sueca para a UE nunca é uma condição apetecível e é consequência da privação de susceptibilidade na pergunta florestal da indústria e da política na Suécia. Percebemos que muitos representantes da indústria florestal e da política nunca querem testemunhar porquê estão as coisas com a volubilidade biológica na brenha e os problemas com a silvicultura sueca.

Alguns políticos parecem confiar que você pode “bramir” e, assim, instigar o globo exterior. Ele está atestado de argumentos emocionais afecção fundamentados que nunca concordam nem com os dados biológicos de conservação nem com a apreciação. Florestas com valores naturais continuam a ser derrubadas na Suécia, enquanto oito em cada década suecos acreditam que é essencial que essas florestas sejam protegidas, de conformidade com o Forest Barometer do WWF.

É hora de meditar novamente!

Facto desconforme, há uno cenário em que o autoridade é cada turno mais deslocado para além de das fronteiras da Suécia e distanciado dos silvicultores que eles alegam apadroar.

A política florestal sueca deve ser fiscalização e precedida por uma crítica científica autónomo do condição da biodiversidade em nossas paisagens florestais. Lá disso, as lições aprendidas nos últimos 30 anos de política florestal devem ser compiladas e avaliadas.

Contudo até acolá, a política deve revigorar a proteção dos últimos remanescentes de florestas de ininterrupção com valores naturais, caucionar a proteção das espécies de conformidade com as diretrizes da UE, desabitar de hospedar a intensificação da silvicultura e encorajar uno rotina mais vário com suporte nas condições naturais. Isso reduziria os conflitos na brenha, reduziria as exportações de críticas à política florestal sueca e lançaria as bases para uma abordagem política mais construtiva da UE.

Podemos declarar que a brenha continuará a ser debatida na política sueca neste outono

Cá, os políticos e a indústria devem sorver o competência do condição da brenha e escutar todas as partes. Portanto, podem ser lançadas as bases para uma novidade política florestal moderna.

Uma política em que a conservação da volubilidade florestal e seus fainas ecossistêmicos sejam vistos porquê pré-requisitos para uma silvicultura sustentável e lucrativa de comprido prazo. Solitário logo a política florestal sueca igualmente pode se regressar uno exemplar internacional.