O que você quer modificar concretamente

0
Rate this post

A ambientalista Rebecka Le Moine entrou no Riksdag uma vez que uno lançador de foguetes. Guardar a multiplicidade biológica da mata é o ambição de seu coração.

Ela quer atualizar as leis florestais e assumir a peleja pela biodiversidade. Uma vez que deputada recém-eleita, Rebecka Le Moine pretende ser uno maçarico na política. A proteção de espécies deve ser lucrativa para o possuinte da mata e deve ser fácil elaborar a coisa certa.

O que você quer amparar na política florestal?

– Quero bem operar para evidenciar o papel da mata na preservação da biodiversidade.

O que você quer modificar concretamente?

– A Norma de Manejo Florestal data de 1993 e a começar de logo o condição do cultura mudou. A preceito jamais vargem mais, jamais há incentivos financeiros suficientes para poupar tanta mata. A maioria das intervenções que têm uno efeito prejudicial ao conduto envolvente se enquadra no Código Ambiental, contudo jamais na silvicultura. Logo uma atualização da equipe eu vejo uma vez que necessária.

Uma vez que devem raciocinar os proprietários florestais privados que desejam uma mesada de sua mata?

– Embora eu seja uno biólogo amásio da natura que queira poupar espécies, posso adivinhar uma vez que é para aqueles que salvaram a mata para a aposentadoria e em seguida jamais podem cair. Eles devem ser capazes de recolher uma indemnização, e isso jamais pode aguardar. Deve significar a castigo para o possuinte da mata apaniguar a mata em uma condição em que há tantas espécies na rol vermelha que estão ligadas à mata.

Você enfatiza que o Circunstância sueco deve elaborar mais uma vez que uno clemente exemplo. Quão?

– O condição sueco deve assumir a liderança na preservação da multiplicidade biológica. Quero que a diretiva de característica de Sveaskog seja alterada para que a quesito de renda jamais entre em desordem com a preservação de mata suficiente. Porque se a mata dos cidadãos jamais for utilizada para abarbar os objetivos ambientais, será árduo inquirir que o setor particular o faça.

Quanta mata você quer poupar?

– Hoje, cinco por cento da mata produtiva está formalmente protegida, quero ampliar essa grau para 20 por cento. Uma vez que bióloga conservacionista, sei que jamais cimo possuir algumas árvores sobrando nas derrubadas para apaniguar as espécies, contudo devem ser as mesmas áreas por bem fase. Então, reservas naturais e parques nacionais são a melhor sistema de apaniguar.

Seu desfragmentado quer mais energias renováveis ​​e a mata é considerada a chave. Todavia com o excisão substanciado, sobrará menos mata para biocombustíveis que podem permutar o azeite fóssil. Nunca há uno desordem cá?

– Há uno desordem cá que você deve ousar concordar. Acho que há uno sobejo de crédito nos biocombustíveis. E quero expor que jamais pode ser uma resolução acutilar mais mata para mourejar com o clima. A cada ano, o algarismo de veículos no trânsito aumenta, apesar de estarmos caminhando para uma crise climática. Nunca cimo raciocinar que “enquanto eu raciocinar virente” vai ceder notório.

Qual você acha que é a melhor resolução?

– Se quisermos abster a crise climática, devemos encurtar drasticamente nosso consumo de recursos. Esta fenestra jamais está oportunidade há mais de dezena ou vinte anos. Temos que achar outras maneiras de nos movimentar. Desenvolver o meio público, investir mais em trens.

Uma vez que você foi pego na mata e suas espécies?

– Onde eu cresci em Väckelsång de Småland, eu estava circunvalado por uma bela mata mista e tornou-se ingénito para mim cruzar bem fase na mata. Acho que essa é a apoio do meu consideração e apego pela natura.