Jardim Botânico da Madeira – 5 Factos Que Deve Saber

featured1 - Jardim Botânico da Madeira - 5 Factos Que Deve Saber

Sendo um dos espaços naturais mais visitados do país, o Jardim Botânico da Madeira oferece a cada visitante uma viagem à natureza que deixa qualquer um de boca aberta.

Neste pode esperar encontrar centenas de plantas de espécies diferentes e exclusivas do arquipélago, juntamente com a floresta Laurissilva, deixamos 5 fatos interessantes que achamos que deve saber.

Um jardim com história

Inicialmente este jardim surgiu de uma ideia no século XVIII de colocar um jardim botânico na ilha da Madeira que permitisse estudar as plantas e algumas espécies animais. Mas apenas no século XIX é que este foi fundado, na Quinta do Bom Sucesso, sendo inaugurado a 30 de abril de 1960.

Inicialmente este custou 2 mil contos à Junta Geral do Distrito Autónomo do Funchal em 1952. Posteriormente, Manuel Gomes da Silva adquiriu a mesma por escritura.

Ao longo do tempo foram sendo acrescentados outros terrenos pela Junta ao jardim. Hoje este conta com 8 hectares sendo 5 deste com uma apresentação de jardim.

Hoje em dia para além de ser aberto ao público para visitar, também é casa de investigações ao nível da flora e da biodiversidade vegetal.

Bastante diversidade de espécies

Neste jardim, encontram-se mais de 2500 espécies diferentes de plantas, 300 aves exóticas e 200 espécies exclusivas do arquipélago da Madeira.

Sendo a esmagadora maioria das espécies provenientes de todo o mundo, muitas destas espécies tornaram-se exclusivas neste jardim devido ao seu microclima que disponibiliza o ambiente perfeito para a sustentabilidade de muitas espécies, espécies essas que se tornaram extintas nos locais originais devido às mudanças climatéricas.

Para garantir que estas espécies não entram em extinção, foi criado um banco de sementes, onde são armazenados vários espécimes de plantas, tendo como prioridade as plantas raras e quase extintas.

Distribuição pelo Jardim Botânico

Com a oportunidade de turismo apresentada na criação deste jardim botânico, também houve a necessidade de organizar o mesmo para que tivesse uma apresentação mais bonita.

Norte

Portanto o arboreto, foi colocado na parte norte do jardim, sendo este constituído por uma coleção de árvores provenientes do mundo inteiro.

Perto da entrada principal, quem passa por este jardim pode encontrar várias espécies de arbustivas, herbáceas e arbóreas originárias da Madeira, algumas destas espécies são o Folhado, a Faia, o Til e o Vinhático.

Centro-este

As plantas suculentas encontram-se também perto da casa principal, mas um pouco para Centro-Este, estas plantas apresentam adaptações que lhes permitem sobreviver em ambientes mais secos, permitindo ao visitante verificar as estratégias que a evolução das mesmas tomou para que as espécies sobrevivessem.

Centro

Aqui encontramos as plantas agroindustriais, essenciais para o ser humano tanto como fonte de alimento como para matéria prima. Localizadas ao Centro do Jardim Botânico da Madeira pode encontrar cerca de 150 espécies deste tipo de arvoredo.

Sul

A Sul do Jardim pode encontrar palmeiras e cicas, sendo estas principalmente provenientes de países tropicais. Existem desde o Período Jurássico e muitas vezes utilizadas para decoração de estradas e casas nos dias que decorrem. Encontra cerca de 44 espécies deste tipo de arvoredo, sendo que algumas se encontram de momento em vias de extinção e são raras as que se podem encontrar pelo mundo fora.

Restante espaço

Todo o restante espaço encontra-se organizado com vários jardins cuidadosamente decorados e com flores e flora que deixa qualquer um de boca aberta, tornando este espaço verdadeiramente um lugar magnifico que não passa despercebido a quem o visita.

Existe um museu de história natural

Este jardim conta também com um museu que demonstra aos seus visitantes a história da natureza no arquipélago da Madeira, assim como um pouco da Alemanha visto inicialmente este museu ter sido fundado por um padre católico Ernest Schmitz, que foi obrigado a abandonar o seu país devido ao movimento anti-cléricoKulturkampf, procurando refugio na Ilha da Madeira.

Horário, como chegar e preço

Este jardim encontra-se disponível para visitar a qualquer dia da semana, das 9H00 até às 18H00. Pode deslocar-se comodamente de carro até ao jardim, ou utilizando alguns autocarros que traçam o percurso pelo mesmo, sendo estes o nº 29, 30, 31 e 31A. Para além destas opções pode sempre optar por um táxi ou até mesmo teleférico.

Os preços são, gratuito para crianças com menos de 6 anos, 2€ dos 6-12 anos e 6€ para todos os indivíduos acima de 12 anos. Sendo gratuitas também especialmente nos dias 30 de Abril e 1 de Julho.

2 thoughts on “Jardim Botânico da Madeira – 5 Factos Que Deve Saber”

  1. Sim realmente hoje a internet está dominando mesmo e a melhor forma de ganhar dinheiro ainda está por vim afinal, todos ja sabemos que a internet vai dominar e muito eu mesmo ganho muito dinheiro com meu site se Deus quiser que permaneça assim!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *