Dicas para um bom eletricista

eletricista

eletricistaNesta ocasião, o engenheiro Ivan Barreiro, diretor responsável de obras e professor do instituto Tecnológico da USP, em conversa com o Programa Sala da Elétrica sobre algumas dicas básicas para fazer uma boa instalação elétrica.

Quais são os erros mais comuns na instalação de uma rede elétrica para a casa?

O primeiro tem que ver com uma deficiência no projeto da instalação ou rede, muitas vezes os professores eletricistas não concretizam em uma folha de papel cheia de instalação, o qual consiste em um mapa ou croquis para determinar a distribuição de amortecedores, tomadas, iluminação, etc. Também às vezes se chama os eletricistas quando a construção de habitação já está muito avançada, o que os obriga a improvisar mentalmente a distribuição desta rede, propiciando que se cometam erros.

Outro dos desacertos mais comuns acontece quando se começa com o lançamento de cabos, seja em suas trajetórias, amarrações ou na quantidade e calibre dos mesmos, causando com isso curtos circuitos, fuga de energia a algum elemento da construção, como tubos condutores, varetas ou deficiência no abastecimento.

Quais são os materiais mais recomendados para a instalação eléctrica de uma habitação?

Os materiais mínimos necessários para a construção de uma habitação são: caixas de registro, amortecedores, tomadas, lâmpadas, etc– e dutos por onde passa a fiação –que podem ser tanto de metal para parede grossa ou fina ou de PVC, sendo este um dos mais utilizados.

Também precisam-se motoristas, ou seja, cabos com um forro isolante de plástico. O metal ideal para este tipo de condutores é o cobre, não existe mais.

Além disso, precisam de interruptores de navalhas de 30 amperes e centros de carga que utilizam interruptores termomagnéticos. Em geral, levando em conta a normativa, devem ser instalados dois interruptores. Um item que é de suma importância e que poucas construtoras levam em conta é a utilização do sistema, a terra, isto é, contar com um elemento que vá para a terra física, o que pode ser uma vareta ou condutor de cobre enterrado no solo e um cabo nu que viaja por todos os dutos da instalação elétrica.

Qual outra dica você pode dar-lhes os eletricistas para que garantam um trabalho de qualidade?

Um primeiro conselho é que ao trabalhar não o façam em um piso molhado ou depois de ter estado em contato com água, sem ter certeza de estar completamente secos, pois ao manipular eletricidade nesta condição, somos mais suscetíveis a uma descarga elétrica. Outra dica básica é cortar o fornecimento principal e verificar de forma direta que não exista fornecimento de energia elétrica, de forma simples, com um soquete e uma lâmpada.

doutorpiso

Existem algumas casas com uma instalação em forma de anel, onde, mesmo cortada a energia, nós podemos ser o conector desta e de receber uma descarga. Por isso, você deve sempre contar com um elemento isolante, seja no chão, com sapatas de borracha, luvas, madeira sobre o solo ou qualquer material não condutor de eletricidade.

Com relação a como treinar e tirar dúvidas sobre o desenvolvimento de instalações elétricas, também nos aproximamos de conversar com o engenheiro Everton Moraes do Sala da Elétrica, que é especialista na matéria.

Quais documentos devem apoiar os eletricistas se eles têm dúvida de como fazer uma instalação?

A norma de instalações elétricas chamada NOM-001-SEDE-2005 – Instalações elétricas, utilização (aproxime-se de nossa seção de download em downloads, onde você pode encontrar este e outros documentos de apoio).

Existe alguma instituição que regule as instalações elétricas das construções?

A Secretaria de Energia é a entidade do Governo Federal encarregada de emitir as disposições em matéria de legislação aplicável a instalações elétricas. Para este caso, trata-se de norma que já mencionei (as NBRs – Instalações elétricas, utilização) e é atualizada a cada cinco anos, para incorporar novos elementos de segurança decorrentes de avanços em materiais e experiência no manejo da eletricidade (para conhecer esta e outras normas, consulta a seguinte nota: http://www.ebah.com.br/content/ABAAABX9sAK/normas-tecnicas-brasileiras-sobre-instalacoes-eletricas).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *