Como investir em bitcoin

como-investir-em-bitcoin

como-investir-em-bitcoinProvavelmente, se você chegou até aqui, já deve ter ouvido falar em Bitcoin, pois é, mas antes de aprender como investir, é interessante entender o que é esta moeda digital e como ela funciona.

Para quem não sabe, o Bitcoin, que foi criado em 2009 pelo japonês Satoshi Nakamoto, é considerada a primeira moeda digital descentralizada da história, o que significa que opera independentemente de uma instituição financeira, de um banco ou de um país.

A principal característica do Bitcoin (BTC) é não existir fisicamente, ou seja, seu funcionamento no mercado é 100% digital.

Como investir em Bitcoin

Então, confira abaixo algumas opções de negociação dessa criptomoeda:

Exchanges

É preciso, primeiramente, saber que o local mais utilizado para comprar Bitcoin são as plataformas conhecidas como exchanges. E para abrir uma conta nestas “corretoras” é bem simples: basta ter um CPF válido e preencher um formulário de identificação.

Algumas corretoras também pedem que os investidores enviem uma foto dos documentos para validar o cadastro. Para começar a realizar as transações, será preciso, primeiro, ter a conta ativada, então, um e-mail é enviado com endereço e código QR.

Outro detalhe importante é que, antes de começar a investir, é preciso que a conta tenha saldo, o que é simples, já que a maioria das corretoras costumam aceitar pagamento por transferência bancária, cartão de crédito ou débito.

Mas, atenção, a dica para quem pretende investir em Bitcoin, através das exchanges, é tomar cuidado e não apostar todo o dinheiro em uma única empresa, e isso porque, por não serem regulamentadas, se acontecer algum erro no servidor ou um ataque cibernético, não terá nenhuma garantia de receber as moedas de volta.

Mas, por outro lado, as corretoras do mercado financeiro tradicional, procuradas para investimento na Bolsa de Valores entre outros, são sempre regulamentadas pelo Banco Central, o que as torna mais seguras.

Negociação P2P

Uma outra forma de adquirir Bitcoin é através de negociação P2P que, para quem não sabe, nada mais é que negociações diretas entre pessoas, muito usada por investidores, por ser uma forma prática de adquirir a moeda.

Bastante conhecido no mercado pelas negociações peer to peer (P2P) para Bitcoin, o site LocalBitcoins mostra uma lista de compradores e vendedores como Bdswiss, além de permitir escolher a melhor opção para o momento.

Mas atenção, muitos investidores alertam que colocar todo o dinheiro a ser investido em uma única opção não é uma boa estratégia, muito pelo contrário, eles defendem que construir uma carteira diversificada é um dos segredos para conseguir sucesso no mercado financeiro.

Casa de Câmbio

casa-de-cambioQuem quiser investir através da Casa de Câmbio, saiba que seu processo de transação é bem simples. Só é preciso informar suas próprias ordens de compra e venda de Bitcoins.

Mas atenção, é preciso muita cautela na hora de escolher a Casa de Câmbio, pois em alguns casos, a abertura da conta é bem complicada e, inclusive, algumas informações privadas ficam disponíveis na plataforma.

Caixa automático convencional

Hoje já é possível, também, contar com caixas automáticos convencionais, o que torna o processo ainda mais prático. Embora não seja muito investir em Bitcoin é através de caixas automáticos, em alguns lugares, como a Suíça, a Ucrânia e a Espanha, já existem essas máquinas, porém, a taxa cobrada é considerada bem alta, chegando de 3% a 6% por operação.

Lembrando que essa moeda ainda é bastante nova e, portanto, talvez não seja a melhor opção para um investidor, dependendo de seu objetivo financeiro. Para quem não se sente seguro em aplicações de risco, por exemplo, Bitcoin pode não ser uma boa opção.

Como armazenar seus Bitcoins

Agora que já sabe como investir em Bitcoins, deve estar se perguntando sobre onde as criptomoedas ficam armazenadas após as transações com opções binárias.
Então, diferente da carteira convencional, as carteiras de Bitcoin armazenam as chaves digitais criptografadas que são utilizadas para acessar os endereços de Bitcoin públicos.

Assim, quando se envia Bitcoin a carteira transfere a propriedade das moedas digitais para o endereço público de uma outra carteira. Ou seja, nada físico, só virtual.

Posted in ivm

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *